Postagens

DESTAQUE

Os Cuidados na Black Friday

Imagem
Black Friday é dia de ofertas e de pagar barato? É! Mas também é dia de se preocupar com golpes e fraudes que surgem muito constantemente nessa data.
Encantadas pelos descontos, muitas pessoas pagam mais do que um produto vale ou mesmo ficam sem receber a compra tão desejada.
Para não se arrepender das compras feitas, alguns cuidados incluem:

Cuidado com a metade do dobro
Black friday é época de descontos, mas você precisa levar em conta que nem todo desconto é uma economia real. Mas como assim? Uma prática que é comum entre algumas lojas é aumentar progressivamente o preço nos dias anteriores da black friday e, no dia, oferecer um desconto que retorne ao preço original.
Imagine uma peça de roupa que custa originalmente R$ 150,00. Uma loja que faz essa prática vai aumentando preço pouco a pouco e passa para R$ 180,00, R$ 240,00 e quando você vê, o valor é R$ 300,00. No dia da Black Friday, anunciam um “desconto” de 50% que equivale ao mesmo valor que você pagaria em dias normais.
Como comprar com segurança na Internet
Comprar pela internet traz muita comodidade e até mesmo economia comparado a lojas físicas.
Mas fazer compras pela internet requer certos cuidados que devem ser tomados para evitar problemas futuros e até mesmo prejuízos comprando e não recebendo o produto.
Então vamos lá, como saber se o site é confiável?
 Primeiramente procure por opiniões de clientes disponíveis na loja, dê preferência para comentário sobre a loja que utilizam o TRUSTVOX que são auditados e confirmados como relatos reais.
Verifique também se há registros de reclamações em sites como RECLAME AQUI.
Desconfie de preços muito abaixo do mercado.  É impossível manter uma estrutura de vendas ofertando produtos com preços que chegam a metade do praticado no mercado.
Sites que ofereçam descontos no Boleto acima de 10% tem que se ficar atento. Pagamentos no Boleto para recorrer caso aconteça algum problema é muito mais difícil de resolver.
Por último lembre-se que ao comprar um produto você comp…
Imagem
Dicas para montar sua árvore de Natal
Fonte: Delas - iG @ https://delas.ig.com.br/casa/decoracao/decore-a-arvore-sem-problemas/n1597378279438.html
Fonte: Delas - iG @ https://delas.ig.com.br/casa/decoracao/decore-a-arvore-sem-problemas/n1597378279438.html
Fonte: Delas - iG @ https://delas.ig.com.br/casa/decoracao/decore-a-arvore-sem-problemas/n1597378279438.html  Comece a decoração pelos pisca-pisca, já acesos. Coloque-os de baixo para cima, sempre enrolando nas pontas dos galhos, dessa forma as luzes realçam os enfeites.
É hora dos laços. Eles devem ser colocados de maneira triangular, com a mesma distância entre um e outro, de modo a formar losangos. A árvore começa a ficar simétrica. 
As bolas devem ser colocadas embaixo dos laços.
Hora dos enfeites grandes. Nesse momento, deixe a criatividade tomar conta. É possível colocar papai-noel, duendes, bonecos de neve e os tradicionais presentinhos.
A árvore já está quase pronta. Afaste-se dela e procure os buracos vazios.
Preencha esses buracos c…
MEI , o melhor caminho para começar empreender
O sonho de muita gente é ter seu próprio negócio, mas não é fácil manter uma empresa aberta num país onde a burocracia e impostos são altíssimos.
Para quem quer começar uma boa solução pode ser abrir o MEI (MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL). Essa modalidade além de muito fácil de abrir (pode ser aberta através da internet pelo portal do empreendedor), elimina certas exigências e gastos como o contador. 
Mas atenção para ser MEI é preciso ficar atento a certas condições:
1.Não participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa, ter mais de um estabelecimento, e se é sócio de sociedade empresária de natureza contratual ou administrador de sociedade empresária, sócio ou administrador em sociedade simples.

2.Contratar no máximo um empregado;

3.Exercer uma das atividades econômicas previstas no Anexo XI, da Resolução CGSN nº 140, de 22 de maio de 2018, o qual relaciona todas as atividades permitidas ao MEI.

4. Faturar até R$ 81.000,00
Marketplace, quanto pagar de comissão?
Quando se fala em vender no Marketplace logo pensamos em um aumento considerável nas vendas. 
Porém para conseguir um aumento real nas suas vendas mesmo através do Marketplace você esbarra num ponto chave do negócio, O PREÇO
Para se tornar competitivo num ambiente onde as ofertas são aos montes você deve baixar o preço frente aos concorrentes para sua chance de vender o produto aumentar. 
Mas acontece que Marketplaces cobram uma tarifa sobre a venda bruta ( PRODUTO + FRETE ), e exigem uma agilidade na entrega que se não cumprida pode afetar sua reputação e derrubar sua vendas.  Qual o valor de tarifa ideal? 
O mais aceitável para que seu negócio seja saudável e que não te transforme de empresário a escravo é de 10% sobre o valor BRUTO.
Existem Marketplaces que cobram absurdos 20% sobre o valor bruto. E outro que te cobra 16% e ainda te obriga a dar o Frete Grátis !
O Marketplace sede seu NOME e seu investimento em MARKETING apenas, este aliás que de qu…
Imagem
Fuja do Mercado Livre
Manter as vendas constantes é a luta diária de todo lojista.
Na internet essa luta é ainda maior quando se tem que brigar com os "tubarões" que dominam a internet.
Para fugir dessa briga e alavancar as vendas muitos pequenos e médios lojistas se unem aos Marketplaces.
O maior e mais popular Marketplace no Brasil é o Mercado Livre.
Mas ao contrário do que parece o Marketplace e principalmente o Mercado Livre nem sempre é bom para o vendedor.
Vender no Mercado Livre é ser escravo de um sistema em que o único beneficiado é o Mercado Livre, para anunciar você paga de 11% a 16% do valor total do produto. Sem contar que se o produto for abaixo de R$120,00 tem um adicional de + R$5,00, ou seja sua margem de lucro é absorvido de forma absurda.
Produtos acima de R$120,00 o FRETE é GRÁTIS. E quem paga a conta é você vendedor. 
A concorrência dentro do Mercado Livre é gigantesca e desonesta, Loja Oficial por exemplo tem benefícios que deixam os outros vendedores em desvan…
Imagem
A importância do pós venda
Vender não é apenas a troca de um bem ou serviço por dinheiro. 
Vender é uma arte em que consiste não apenas na troca do produto/serviço pelo dinheiro, mas em uma experiência para quem compra que traga segurança e bem estar do momento em que desperta o interesse no cliente pelo produto/serviço a conclusão do negócio.
A partir desse momento o pós venda deve entrar em cena de forma eficaz, trazendo para o cliente a tranquilidade em saber que pode contar com a empresa para sanar um eventual problema.
E tudo isso considerando que se o valor pago precisar ser devolvido isso tem que ser feito rápido para que não traga maiores prejuízos ao cliente e consequentemente a empresa.
Lembre-se que o maior patrimônio de uma empresa é seu nome, uma marca respeitada traz confiança para o consumidor e gera lucro para a empresa.




SIGA-NOS NO INSTAGRAM - Faça a leitura da tag de nome com a câmera do Instagram para seguir facilmente.