Marketplace, quanto pagar de comissão?

Quando se fala em vender no Marketplace logo pensamos em um aumento considerável nas vendas. 

Porém para conseguir um aumento real nas suas vendas mesmo através do Marketplace você esbarra num ponto chave do negócio, O PREÇO

Para se tornar competitivo num ambiente onde as ofertas são aos montes você deve baixar o preço frente aos concorrentes para sua chance de vender o produto aumentar. 

Mas acontece que Marketplaces cobram uma tarifa sobre a venda bruta ( PRODUTO + FRETE ), e exigem uma agilidade na entrega que se não cumprida pode afetar sua reputação e derrubar sua vendas. 
 
Qual o valor de tarifa ideal? 

O mais aceitável para que seu negócio seja saudável e que não te transforme de empresário a escravo é de 10% sobre o valor BRUTO.

Existem Marketplaces que cobram absurdos 20% sobre o valor bruto.
E outro que te cobra 16% e ainda te obriga a dar o Frete Grátis !

O Marketplace sede seu NOME e seu investimento em MARKETING apenas, este aliás que de qualquer forma tem que ser feito. 
Todo o resto do trabalho é do vendedor. Estoque, NF, Envio, Pós venda, etc.
Cobrar que os vendedores em suas plataformas prestem um serviço de qualidade é indiscutível. Monitorar e banir caso não a cumpram é importante. Quem vende um produto tem que zelar pela qualidade.

Mas quando o SITE vira um MARKETPLACE toda a despesa com armazenamento de estoque, logística, burocracias e pós venda é cortado. (EXCETO SE O SITE CONTINUAR VENDENDO SEUS PRODUTOS AINDA).
De qualquer forma quando outro vendedor vende e faz todo o trabalho cobrar acima de 10% pela venda bruta cria-se um ambiente desleal, onde só os "grandes" conseguem diminuir sua margem negociando com os fornecedores sem refletir no lucro da empresa.  

Por isso antes de entrar em todos os Marketplaces possíveis, faça as contas, analisa tudo que envolve para se vender dentro de cada plataforma. Custos com Integração, Tarifas, e Deslocamento para fazer os Envios. 
Quando se trabalha com prazo e sua reputação é baseada nisso deve ser levado em consideração esse custo também.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog